segunda-feira, janeiro 09, 2006

Vergonha (me sinto assim, com vergonha)

Tava lembrando dessa crise política toda. Que bagunça Deus meu. É duro a gente ver um cara que tem uma história de luta e sofrimento, com mais de quarenta anos de vida política, canditato a presidente desde 1989, se vender desse jeito, sacrificando os sonhos de mais de cinqüenta milhões de brasileiros que confiaram e comemoraram sua chegada ao Palácio do Planalto.
É duro a gente ver que esse cara que elegemos, só mudou seu discurso à época da eleição, prá conseguir chegar lá. Iludiu todo mundo com promessas populistas - e nós caimos! - É duro quem colocou prá fora um sujeito como o Collor, imaginando que deveríamos ter eleito o Luíz Inácio, vermos que o escândalo de hoje pôe o do Collor e sua corja no patamar de roubo de merenda no recreio.
O cara traiu quem votou nele, traiu quem confiou e trabalhou para que chegasse ao topo, traiu quem o defendia e venerava (os intelectuais petistas estão calados, mas não tem nada prá dizer mesmo), traiu companheiros sérios de longa data (Suplicy, Gabeira, Heloísa Helena...), tentou calar a imprensa, botou a Abin (orgão criado na ditadura sob a sigla de SNI) prá servir aos seus anseios de perpetuar no poder, roubou dinheiro nosso apenas por poder. É de lascar.
O Congresso Nacional nunca se prostituiu tanto como nos dias de hoje. Estão à venda deputados que nós colocamos lá. É dinheiro demais, enquanto isso, pessoas morrem por falta de atendimento médico, as estradas se acabaram, o Fome Zero é uma piada, falta emprego e educação de qualidade (massa burra, político rico) e tudo mais que ele prometeu e não cumpriu.
A eleição tá chegando, mais dinheiro é gasto em publicidade oficial, muito dinheiro, tentativa de fazer o povo esqueçer. Mas dessa vez acho que não. O povo foi traído como nunca foi. Mas de uma coisa podemos nos orgulhar. Nossas instituições sairam fortalecidas, aos poucos vamos tirando quem não presta lá de cima. Uma hora dá certo.
Em homenagem ao nosso querido presidente, vou postar uma receita que devia ser a refeição oficial na cozinha do Torto, prá ser servida depois do futebol e da cerveja. Confesso que ainda não experimentei, mas não demora e eu te digo como ficou. Traíra Bolchevique.

6 comentários:

Ludy disse...

Xúnior, concordo porém, todavia, contudo tudo isso que nós descobrimos já ocorria em governos anteriores, de outra forma talvez... mas tbém ocorria.
Impossível negar a decepção com o nosso partido; com o nosso Luiz Inácio Lula da Silva, outrora operário, hj Presidente do País.
Mas vc ainda tem esperança de tudo mudar????
Eu não...
Jaz a esperança!
Pelo menos no nosso Brasil tem outras coisas boas, as praias,a Amazônia(será q é nossa?), o Pantanal, o carnaval, o cerrado...
Só uma coisa para falar: agora eu voto NULO, pelo menos não me sinto culpada por ajudar a decidir algo tão importante e também sei q só o meu voto não vai mudar mas agora pelo memos eu faço minha parte.

Hélvio disse...

Roia..concordo com vc em genero número e grau...mas acho que vc devia se envergonhar mesmo é daquele seu timinho....que isso..tomar de 3!!!!!
1 2 3 o Goia´s e´fregues!!!!
Dá-lhe TIGRÃO

R. Júnior disse...

Goiás B não vale.

Branquinha... disse...

É... temos hoje e sempre tivemos um governo vergonhoso, um governo que não foi o que escolhemos durante um voto, mas o prato foi bem escolhido... porém, não só para o nosso querido presidente... foi também escolhido, ou quem sabe, jah ateh saboreado pra nós e por nós mesmos... falo isso pq somos os verdadeiros culpados por tudo isso... deixamos, aceitamos que ficasse assim, que chegasse onde chegou... e ainda seremos culpados por tudo o q ainda vai ser, vai ter... e, continuaremos sentados aqui... apenas se queixando, apenas comentando e julgando!!!
Esse país eh nosso, mas nada fazemos para mudá-lo...
Se estamos insatisfeitos com tudo isso o q vem ocorrendo, pq não nos movimentamos???
Não existe a tal "voz do povo"?? Entaum kd??? É soh assim que sabemos falar, gritar, condenar???
É... eu sei tb... o q a nossa voz vale? O q podemos fazer com ela? O q podemos fazer?
Nada...
Enatum... digo igual a todos... - concordo com tudo o q ta escrito ai... mas e quem concorda comigo???
Somos tantos contra um soh, mas tão fracos diante desse "um"...
Isso eh democracia???... É... e eh assim q será nossa democracia enquanto estivermos aqui... somente atrás de uma tela, ou de qualquer outro lugar expressando nossa revolta...
Julgar, super fácil... agir, jah não sei!!!!!!!!!!!!!!!!!

R. Júnior disse...

Nosso instrumento de trabalho é a tela do computador, mas nossa arma de guerra é o voto, é por ele e, somente por ele que mudamos o que está errado.

Branquinha... disse...

Bem... mas resumindo entaum o q eu disse acima.... eh exatamente ai onde nos traimos, no voto...
Pois, inicialmente, ele eh nossa arma de guerra, mas dpois, vira toda a nossa revolta... essa revolta!!!!